quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Os desafios de ser mãe de 3

Quando conheço pessoas novas, geralmente eles ficam surpresos pelo fato de termos 3 filhos.
As pessoas geralmente querem saber como que eu faço para dar conta de tudo, como é a nossa rotina, etc 
Na verdade eu fico surpresa com tanta comoção, porque eu não acho minha família enorme, tem famílias com bem maiores.


Instagram @chloeandbeans 

Eu sempre pensei que teria 3 filhos e quando as coisas estavam bem tranquilas, a Melissa não era mais um bebê e a gente podia sair mais, nós tivemos a Manu. Então tudo fica de cabeça para baixo por um tempo, mas com o tempo tudo se ajeita também.
Claro que como todos os pais, nós temos muitos desafios, mas apesar de tudo, com a experiencia de algumas pessoas a minha volta vejo que em alguns aspectos, fazendo algumas adaptações é mais facil criar 3 do que 1.
Por incrível que pareça, uma das maiores dificuldades é a receptividade das outras pessoas com relação ao tamanho da nossa família, principalmente parentes e pessoas do nosso ciclo. A maioria das pessoas não tem o menos receio de fazer comentários constrangedores na frente das crianças, algumas vezes as crianças (que estavam brincando na hora e teoricamente não estariam prestando a atenção) me questionam sobre algumas coisas que as pessoas falam.
Já me perguntaram como eu tinha coragem de ter mais filhos, sendo que está tão perto a segunda vinda de Cristo, com tantos sinais de calamidades, guerras e rumores de guerras.
Geralmente as pessoas  perguntam se são todos meus, ou se a Melissa é  minha filha (por ser mais clara que os irmãos e muito mais que eu). Eu não consigo entender o susto das pessoas e principalmente a necessidade das pessoas em externarem suas opiniões sobre o assunto, como se eles me dessem fraldas, roupas e leite e de repente eu aparecesse com mais um bebê. 😣 
Algumas pessoas são realmente rudes, algumas querem impor sua opinião, muitas perguntam se eu ou meu marido já operamos (como se em pleno 2017 não tivesse outro método contraceptivo). Certa vez, estava no medico para a consulta de pré natal, e uma mulher conhecida lamentou minha gravidez como se eu estivesse com câncer! Numa outra, uma pessoa externou sua opinião que hoje em dia as pessoas não podem ter mais que 2 filhos porque escola particular e as atividades extra curriculares consomem todo o nosso dinheiro e fica inviável. (na época não tínhamos a Manu)
Mas a gente vai fazer o que? Posso educar meus filhos, mas as outras pessoas deviam ser educadas nas suas casas. 
Mas tem dias que a gente não está bem, tem dia que estou no mercado com 3 crianças e ouvir que eu sou corajosa em meio a risos me da vontade de chorar, tem dia que ver a pessoa falar isso na frente da minha filha que já é tão emotiva coisas desse tipo da vontade de mandar as pessoas calarem a boca.  
O segundo maior desafio são as outras mães, na grande maioria que tem menos filhos e ficam dizendo o quanto não tem tempo, o quanto a vida é corrida e o quanto a criança exige delas.
 Acreditem, eu sei o que vocês passam, por 2 anos e 8 meses eu fui mãe de filho único, mas tenham certeza que você não sabe  quão difícil é ter mais crianças e o fato de eu não ficar reclamando não quer dizer que me faltam desafios, muito pelo contrário. Eu resolvi na maior parte do tempo encará-los com gratidão.
O terceiro grande desafio é a falta de infra estrutura. Nem no shopping eu levo mais carrinho com a Manu, muito menos para andar nas ruas e calçadas. Eu tenho que ir a todo lugar de carro sempre. Nosso carro é normal, o miguel e a melissa usam acento elevado e a Manu um cadeirão. Cabe bem apertadinho. Desde que o Miguel ganhou uma irmã, fui ensinando ele a entrar no carro sozinho e colocar o cinto. E quando nasceu a Manu, ensinei a Melissa.
Eu prefiro ir no mercado na cidade ao lado, porque a melissa fica na área de recreação, a Manu fica na cadeira do carrinho e o miguel já é mais fácil de controlar. Apesar que em todas as vezes o Miguel quase foi atropelado pelo carrinho de outras pessoas que passam por cima mas não pedem licença para crianças.
Como falei em um post anterior, os lugares no brasil são pouquíssimos adaptados as necessidades dos bebês. As vezes até tem um trocador e talz, mas parece que eles ignoram o fato de que crianças até 2 anos e meio (em média) ainda usarem fraldas. Os trocadores muitas vezes são pequenos e frágeis.
Os gastos são maiores, mas não é 3x maiores do que 1 filho. e está sendo maior para nós, para algumas pessoas pode não ser. Algumas pessoas devem gastar muito mais com 1 criança do que nós com 3. Mesmo porque no terceiro já conhecemos melhor as marcas, ja sabemos o que vale a pena pagar mais caro e o que não vale, o que é necessário e o que é disperdicio.
Quando você inicia  uma família ja sabendo que seu filho não será filho unico, e que o segundo não será o caçula, tem algumas coisas na rotina que a gente já se preocupa para manter a ordem com 1, 2 ou 3 crianças (ou mais), como horários fixos para dormir, refeições, não fazer cama compartilhada, saber dizer não, estimular independência e resiliência das crianças.
voltando aos gastos, eles herdam coisas um do outro, as vezes eu doou uma roupa deles para alguém e alguém doa outras coisas pra gente. Com a manu nós gastamos infinitamente menos com roupa, porque ganhamos muita roupa para ela.
Com o tempo a gente pega os macetes, vai ganhando confiança e vai se adaptando.
Com relação a escola que é uma grande preocupação aqui no Brasil, eu devo dizer que na minha cabeça não faz sentindo os pais se matarem de trabalhar, para pagar uma escola super cara e não ter tempo nenhum para a criança. Por mais que a escola seja maravilhosa ela nunca vai substituir mãe e pai.
Outra coisa, o que ensinei para o Miguel em casa dificilmente uma escola daria conta. Então se você tiver tempo, é o melhor investimento que você pode fazer pela educação dos seus filhos. 
Outra questão é a rotina da casa, tenho 1:30h para fazer coisas enquanto a Manu dorme, então priorizo o que realmente não consigo fazer com ela e depois que ela levanta faço o que consigo fazer com ela. Não tenho o dia da faxina, não tenho a pretensão de arrumar minha casa toda em um único dia tendo 3 crianças, então busco dividir os afazeres pela semana, deixando o final de semana totalmente livres.
Imprevistos acontecem, tem semanas que nada sai como planejado. 
Me perguntam como dou conta de tudo, não dou.😉
E outra coisa que as pessoas parecem ignorar é que as crianças tem pai e que ele é meu marido. 
Meus pequenos ano passado



Sigam nossas redes sociais


12 comentários:

  1. Coloca desafio nisso rs..
    Eu nunca fui mãe, mas espero ser um dia. Mas eu sei o trabalho que a minha mae teve comigo e com a minha irmã rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é muito recompensador viu, 3 seres que t amam incondicionalmente

      Excluir
  2. Mulher, meu sonho é ter um monte de filho kkk Mas o marido só quer 2. Mas confesso que tenho um certo receio de dar conta de tanta criança. Adorei seu post. Parabéns pela família linda que tens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu marido tem um grande papel nisso, se ele nao me apoiasse na decisão de ter 3 filhos a gente não teria.

      Excluir
  3. Amei seu post. Amo historias reais compartilhadas. Atualmente eu moro com minha irmã e com os 3 filhinhos dela, é um desafio mas smp muito valido pelo carinho que damos e recebemos desses pimpolhos! Sempre tem q dar arrumadinha ali e outra la, fazer almoço, levar pra escola.. enfim, são tantas atividades que o dia passa correndo! Mas vale a pena, pelo amor, pela familia. Aproveitar esse tempo com eles é precioso, pois um dia vão crescer 💙 amo

    Vou compartilhar com a mana esse post! Amei.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, com certeza vc está sendo uma benção na vida dela e das crianças.

      Excluir
  4. Elieth meu sonho é ter uma baby se Deus permitir quero no mínimo duas crianças. Menina eu não sabia que você tem 3 filhos fiquei chocada com essa informação 😱😱 parabéns pela as suas crianças ❤
    Sucesso com o blog.
    Beijos, Thayná do Nega Louca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahah obrigada
      Tenho 29 anos, meu mais velho tive aos 22
      é bem desafiador, mas muito recompensador tbm. Obrigada pela visita bjs

      Excluir
  5. Mulher acho assim, se tu é feliz com teus 3 filhos lindos ninguém pode vir dar opinião na tua vida e como tu disse, tem gente que desperdiça dinheiro com coisas inúteis e vc sabendo aplicar o dinheiro consegue criar os 3. Óbvio que é difícil, mas no futuro tu terá uma família ainda mais linda com vários netos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, obrigada pela visita. É muito bom ter apoio 😘

      Excluir
  6. Quanta fofura esses crianças. Mulher eu acho você super corajosa. Uma bela história de vida vem por trás de cada criança que você tem. Eu penso em ter um filho só, dois no máximo. Lindo o post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida. A Manu veio pra completar nossa família e não consigo imaginar nossa vida sem ela 💖

      Excluir

Gostou? Deixa um comentário! Beijos