quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Os Shoppings querem as mães?

Olá pessoal, tudo bem?
No último sábado, resolvemos passear em um lugar novo e escolhemos um shopping de outra cidade. E lá fomos nós.
Apesar dos três pedágios em menos de 100km, o passeio foi maravilhoso e me trouxe várias questões sobre um lugar que frequentamos bastante: os shoppings.
Quando vamos muito a shoppings grandes, perdemos a noção que o shopping nada mais é que um condomínio comercial. Os lojistas pagam aluguel e condomínio. A limpeza e segurança são terceirizadas e há um esforço coletivo  para que o consumidor se sinta bem naquele ambiente. 
Será mesmo?
Eu como mãe de 3 já passei inúmeros perrengues em shopping. E sempre levei como normal (quem manda ter 3 filhos e ainda ter a audácia de querer sair de casa né?)
 Mas quando eu fui em um shopping que realmente se preocupava em fazer com que eu, mãe de 3 filhos me sentisse bem para estar lá um mundo novo abriu para mim.

Banheiros

Muitos shoppings tem banheiro no espaço infantil, o que é maravilhoso! Mas Nesses espaços, na maioria das vezes tem só o vaso sanitário para as crianças. Aí eu te pergunto eu, mãe de 3, com as 3 crianças vou no banheiro como? No banheiro feminino, com a porta aberta, muitas vezes com minha neném dentro da cabine entrando em contato com todas as bactérias possíveis e imaginárias, tentando ser a mais rápida possível (coitada da minha bexiga) e rezando para as outras duas crianças terminarem de usar o banheiro depois de mim (o que é impossível já que eu estou com a bexiga de adulto cheia e a deles é bem menor).
Então fui nesse shopping, em que um abençoado projetou um banheiro (individual), dentro do espaço infantil, que tinha um vaso infantil e um adulto (separado por uma divisória) dividido em feminino e masculino. Pronto! Era tão difícil assim Brasil? Meu filho menino pode ir no banheiro de meninos, minha filha vai comigo no banheiro, estou dentro do conforto do espaço infantil bem mais limpinho que o banheiro de adultos...
Do lado da divisória esta o sanitário para adulto



Área de recreação na Praça de Alimentação
Muitas vezes já fomos em restaurantes com uma área para crianças pequenas brincarem, mas quantas vezes você viu isso no meio da praça de alimentação de um shopping?
o pior é que as praças de alimentação são bem maiores que restaurantes e a chance de uma refeição virar uma maratona são enormes.
Eis que tiveram a ideia de colocar uma área de relativo tamanho, cercada com estofado (porque mãe também precisa sentar) com algumas mesinhas e alguns brinquedos. Nada de outro mundo, qualquer shopping poderia ter um desse. 







Espaço Bebê
Muitos shoppings felizmente tem hoje em dia uma área mais completa para troca dos bebês, mas observem a altura do trocador, as cadeiras para alimentar, as poltronas para amamentar (que fica em uma sala reservada) e a banheira para o caso de um perrengue maior com o bebê.






Torneira e toalha de papel que não precisam da mão para funcionar


Para quem não tem filhos, pode parecer uma tempestade em copo de água, mas vocês já pararam pra pensar como um pai troca a fralda dos filhos quando sai sozinho? Ou como ele leva a filha ao banheiro? Estamos em 2017, já passou da hora de todos nós [pararmos] pra pensar nessas coisas.


É importante denunciarmos lugares que negam o direito de ir e vir de qualquer pessoa, mas é muito mais poderoso promover lugares que acolhem a todos.


O Shopping Botucatu fica na Av. Marginal 200, 1050 Castelinho Botucatu (rodovia que liga a Rod. Mal Rondon á Rod Castelo Branco) tem um acesso super fácil pra entrar e sair do shopping e o estacionamento é grátis. Excelente parada durante a viagem
**Este não é um publieditorial.**

E aí, me indique lugares Kids friendly

Me siga no Instagram
Vem conhecer a Pagina do Mamãe Cacheada no Facebook

5 comentários:

  1. Que espaço maravilhoso! É sempre se sentir bem vinda nos lugares.

    ResponderExcluir
  2. Ah, é tão difícil encontrar locais que são apropriados para a família como um todo. Ou pais e filhos, ou mães e filhos. O que acaba por fazer com que muitos desistam de passear, ou sempre tenham que levar alguém...
    Apoio sua "campanha"! Por mais lugares kids friendly!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é e quando a gente desiste de passear qm geralmente fica em casa? As mães! Nós não podemos ficar presas em casa oq os estabelecimentos não se adequam a nós. temos q abandonar esses e lotar os bons

      Excluir
  3. Lugares assim realmente dão gosto de voltar, e como você disse, na maioria das vezes as mudanças nem são tão grandes.

    ResponderExcluir

Gostou? Deixa um comentário! Beijos